V Edição: a mais internacional de sempre

A V edição do C(H)orta – Festival de Curtas do Faial está prestes a acontecer.

O certame terá cerimónia em direto, e exclusivamente online, a 28 de novembro em @ajifaial, no Facebook, a partir das 20:30.

Ao contrário do inicialmente previsto a Mostra Oficial não decorrerá no Teatro Faialense face às imposições de controlo e mitigação da pandemia Covid19.

Estão 25 curtas a concurso, fazendo-se representar 10 nacionalidades. Portugal é o país com maior expressão numérica, mas há obras da Índia, Tunísia, Rússia, Irão, Reino Unido, Estados Unidos, França, Espanha e Roménia. Foram submetidas a Pré-Seleção produções de todos os continentes, exceto da Antártida. A organização destaca ter tido não só a Pré-Seleção, e agora ter a Mostra, mais internacional e mais participadas de todas as edições do Festival.

A composição da Mostra Oficial é a seguinte (por ordem de apresentação):

1. Springs of Hope – Manick Ganesan (Índia);

2. We Have a Dream – Satoko Hoshino (Espanha);

3. Os Sete – Mar Navarro (Faial, Açores, Portugal);

4. How Blue is Your Ocean – Joe Pisciotta (Estados Unidos da América);

5. DIFERENTE. – Pedro Ribeiro (Faial, Açores, Portugal);

6. Kids Sapiens Sapiens – António Aleixo (Portugal);

7. Beware Of The Wolf – Julie Rembauville (França);

8. I’ll Call You Later – Maria Scutaru (Roménia);

9. This Side, Other Side – Lida Fazli(Irão);

10. Stay Home, Stay Safe, Stay Sane – Nick Hales (Reino Unido);

11. Mother – Gaurav Wakankar (Índia);

12. Malayz – Leila Ahang, Sara Hanif, Maryam Alavi e Marziyeh Kordlo (Irão);

13. The Sleeping Prince – Nicolas Bianco-Levrin (França);

14. Submerso – Tiago Soares (Açores, Portugal);

15. Extintor – Rodrigo Sopeña, Joana Solnado (Espanha);

16. Vacation – Jack Davies (Reino Unido);

17. Sing, Mummy – Zharkov Vitaliy (Rússia);

18. Snow Blind – Yasaman Afshar (Irão);

19. The Winner – Caroline Locke (Estados Unidos da América);

20. Troca Por Troca – Pedro Afonso (Portugal);

21. Craque Madame – Meriem Essoussi (Tunísia);

22. Touch – Anatael Pérez (Espanha);

23. Baby Tell Me What U Want – Joe Palermo (Reino Unido);

24. Fugaz – Herminio Cardiel (Espanha);

25. Pipo – Hugo Le Gourrierec (França).

As curtas metragens encontram-se organizadas por categorias: 1-6 | Documentário; 7-13 | Animação; e 14-25 | Ficção.



No total apresenta-se sete distinções a serem atribuídas:

1) Melhor Ficção;

2) Melhor Animação;

3) Melhor Documentário;

4) Melhor Curta Faialense;

5) Melhor Curta Açoriana;

6) Melhor Filme;

7) Prémio do Público.


Após a Mostra Oficial o público terá 5 minutos para votar facilmente na rede social Facebook. Os votos serão contabilizados na Caixa de Comentários da transmissão.

Os três júris indicados pela direção da Associação de Jovens da Ilha do Faial (AJIFA ) são Aurora Ribeiro, Vítor Pimentel e Rui Dowling.

Contamos convosco!

Fields marked with an * are required